OpenTravel

Porque os colaboradores devem escolher suas próprias viagens de negócios

 

Se há uma coisa que um colaborador moderno não gosta é de estar sendo sempre gerenciado em pequenas coisas. Especialmente se é algo que ele poderia facilmente fazer e gostaria de fazer, mas a sua maneira como viagens de negócios, por exemplo. Com os colaboradores modernos exigindo mais flexibilidade em seu trabalho e estilo de vida, é natural que as viagens de negócios façam parte desta mesma conversa. A prioridade para o colaborador moderno é o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.

Qual o problema com viagens corporativas super gerenciadas

A nova geração de viajantes de negócios é conhecedora de tecnologia e menos propensa a se adaptar à políticas e métodos de viagem rígidos e ultrapassados. As empresas que entendem a importância de manter seus colaboradores satisfeitos estão se adaptando às maneiras pelas quais permitam que os viajantes de negócios reservem e organizem suas próprias viagens de negócios.

 

A auto reserva permite que o colaborador colecione pontos de fidelidade, voe com suas companhias aéreas favoritas e até mesmo tenha a opção ecológica de escolher outras formas de deslocamento que não seja somente avião. As agências de viagens não têm uma forma simples para o viajante ter a liberdade de organizar suas próprias viagens.

 

Sem o intermediário, o viajante de negócios tende a economizar muito tempo eliminando as idas e vindas geralmente necessárias para reservar viagens da maneira como se faz hoje. No geral, a auto reserva é menos irritante e mais satisfatória.

 

As viagens corporativas gerenciadas por terceiros também tendem a ser mais caras do que as viagens de negócios gerenciadas com tecnologia e gestão automatizada. Fazer com que os gerentes de viagens, gerentes de escritório ou assistentes marquem viagens corporativas exige esforços que destroem a produtividade e sobrecarregam as equipes administrativas.

Como podemos resolver esta questão?

Deixe os viajantes de negócios reservarem suas próprias viagens!

Mas faça isso de forma inteligente…

 

Os colaboradores podem reservar suas próprias viagens de negócios com a mesma liberdade de quando reservam suas viagens de lazer, mas podem fazê-lo dentro de política de viagens estabelecida e economizando o dinheiro da empresa.

 

Usando uma ferramenta de reservas inteligente, os colaboradores atuam com a liberdade de que necessitam e dentro da política da empresa.

 
 Isso vai:
 

· Melhorar a satisfação dos colaboradores

· Melhorar a adesão à política de viagens

· Economizar dinheiro para a empresa

 Primeira mudança percebida

Os colaboradores que percebem o controle dos seus atos, estão mais satisfeitos com as empresas onde trabalham.

 

A maioria dos viajantes de negócios modernos gosta de pesquisar a área para a qual vai viajar e como quer fazê-lo. Eles preferem uma viagem “à la carte”, pois gostam de tomar suas decisões da mesma maneira como fazem para suas viagens de lazer. Gostam de informação de acesso online a partir da maior variedade de fontes e assim poder escolher o que melhor se adequa ao seu gosto e ao seu estilo de vida.

 

Ninguém gosta de ter escolhas limitadas. Um colaborador pode querer um quarto de hotel no centro da cidade, ao lado de toda agitação. Já outro pode desejar se hospedar em uma área residencial mais calma, com opções de descanso ou para uma corridinha no final do dia. Nos velhos tempos do gerenciamento de viagens isso não era levado em consideração, mas agora é completamente possível.

 

Também é importante lembrar que as viagens frequentes são estressantes e podem ter grandes consequências para a saúde. Se os colaboradores forem forçados a viajar fora de seus próprios termos as consequências a longo prazo podem ser ansiedade, depressão, falta de sono e, por fim, colaboradores insatisfeitos e com desempenho abaixo do esperado.

O viajante moderno

As viagens de negócios modernas não parecem mais ser apenas de negócios – estão se aproximando cada vez mais das viagens de lazer.

 

Atualmente a maioria dos viajantes à negócios estende suas viagens para atividades de lazer. Eles querem descobrir e explorar os locais visitados e alguns querem essas fotos postadas nas mídias sociais (Instagram, Facebook, LinkedIn e outras). E por que não poderiam compartilhar estes momentos como fazem no lazer? Permitir que os viajantes tenham um período flexível para que possam decidir ficar ou sair mais cedo em busca de momentos para relaxar é mais uma necessidade do que um bônus nos dias de hoje.

 

Oferecer controle e flexibilidade aos viajantes permite que eles se sintam o melhor possível, entregando assim os melhores resultados. 87% dos viajantes dizem que a qualidade da viagem afeta diretamente o seu desempenho na empresa.

Os colaboradores sempre encontram as melhores ofertas

Não é apenas uma vantagem para os viajantes de negócios. As empresas também podem economizar mais dinheiro permitindo que os funcionários reservem suas próprias viagens.

Estar aberto à viajantes de negócios confiáveis para a auto reserva irá capacitar e criar mais responsabilidade no time e o resultado refletirá diretamente na economia pretendida pela empresa.

 

As formas tradicionais de reserva de viagens corporativas estão sobrecarregadas de desvantagens. As agências de viagens de negócios geralmente praticam preços acima do mercado e o software corporativo tradicional é excessivamente complicado e desagradável aos olhos dos viajantes de negócios. É simplesmente uma experiência que os viajantes de negócios não desfrutam, e isso não ajuda a empresa. Por outro lado, os sites de reserva de lazer geralmente não são reembolsáveis e não têm suporte ao cliente, o que não atende às empresas.

 

A maioria dos viajantes de negócios gosta de encontrar boas ofertas e acumular seus próprios pontos e recompensas nos programas de fidelidade. Muitos estão olhando para o Airbnb em relação aos hotéis (hospedagem através do Airbnb pode ser até 40% mais barata do que em hotéis, especialmente com suas opções de taxas semanais, em viagens mais longas).

 

Viajantes de negócios são geralmente bem informados, tendo tempo para ler opiniões. Eles não estão dispostos a gastar dinheiro em algo que não será uma grande experiência para eles.

 

As empresas que adotarem essa nova abordagem ganharão o benefício de otimizar seus gastos com viagens e economias, além de criar o tipo de cultura da empresa que os funcionários adoram participar.

As plataformas de gerenciamento de viagens corporativas melhoraram

O gerenciamento de viagens está mudando de microgerenciamento e restrições para confiança, transparência e simplicidade. Tudo isso através do uso de muita tecnologia.

 

As modernas plataformas de gerenciamento de viagens trazem facilidade para os viajantes de negócios reservarem suas próprias viagens dentro da política da empresa, de modo que os gestores de viagens possam controlar facilmente os custos sem perder tempo com pequenas coisas. Os colaboradores não usarão uma solução de reserva de que não gostem, mas se você der a eles uma que eles se identifiquem e gostem, é menos provável que eles sejam desonestos e usem uma ferramenta diferente da oferecida pela empresa ou até que tentem burlar a existente.

 

Os gerentes de viagens ainda podem controlar o orçamento, a política e o programa de viagens por meio dessas plataformas através dos relatórios de despesas automatizados, sendo a opção mais econômica para um negócio moderno.

O uso de tecnologia permite mais controle e rapidez na tomada de decisão

Informações sobre como seus colaboradores estão viajando e gastando o dinheiro da empresa podem ser úteis para que o gestor de viagem possa sugerir e promover adaptações nas políticas de viagem. Os colaboradores aumentam sua produtividade à medida que passam o tempo fazendo algo mais essencial para a empresa, em vez de resolver burocracia na administração das suas despesas.

 

Não há simplesmente nenhuma razão para não permitir que os funcionários reservem suas próprias viagens. O gerenciamento tecnológico afasta o desatualizado modelo de agência de viagens corporativas que vemos nos dias de hoje.

 

Acreditamos que com a tecnologia certa e o suporte moderno, acompanhando a viagem em tempo real, podemos transformar a experiência do colaborador e da empresa positivamente.