OpenTravel

Política de viagens ou apenas um papel recomendando ações? Sua política de viagens é eficiente?

Como podemos atestar a eficiência da política de viagens? O documento na sua empresa é apenas um papel recomendando ações ou mensura e tangibiliza o comportamento dos seus usuários-chave? Entendemos que todo o mercado de viagens corporativa

Em nosso segundo Pain Points, nossa co-founder, Manuela Souza, falou um pouco de como entendemos o modelo atual nas empresas, e como entregamos na OpenTravel uma nova versão de Política de Viagens.

Mas antes de começarmos, precisamos deixar claro o que são as políticas de viagens e despesas ….

Se procurarmos a definição em qualquer site de busca, teremos que é um documento físico ou digital onde estão todas as informações e regras pertinentes à compra de passagens aéreas, com limites de valores, gastos com transporte, deslocamento, alimentação, hospedagem, além de toda cadeia de usuários com workflow de aprovação,  pré-determinadas por um gestor e ou executivo da área. 

Esse documento sempre foi muito estático com atualização a cada 1 ou 2 anos, só que há inúmeras empresas que não a utilizam de maneira correta, e muitas das vezes ficando apenas como uma consulta, sem nenhuma mensuração, efetividade, validação de limites de gastos de viagens ou valores específicos do mesmo e sem  clareza no controle de despesa.

O que encontramos no momento de transformação? A política de viagens mudou?

Vimos durante todos esses meses de pandemia, o quanto foi necessário acelerar o processo digital nas empresas, unindo praticidade, inteligência, clareza e consequentemente trazendo benefícios aos funcionários e tudo que os cercam.

E nós da OpenTravel, convidamos todos os gestores, responsáveis por cuidar destes gastos,  a testar nossa plataforma e viabilizar uma nova realidade de mensuração de dados e inteligência em todo o seu processo de políticas. 

E reafirmamos que com a união de uma boa gestão/ e ou processo de políticas de viagens e despesas em uma plataforma ágil e intuitiva, a empresa poderá ter recompensas na diminuição de seus gastos em até 40%. 

Quer ter uma política de viagens efetiva, com inteligência e resultado ou continuar com um papel que recomenda ações?

 

Vem com a gente e até o próximo episódio.